Linha de Apoio à Qualificação da Oferta

2022/05/10 in Incentivos

Se sempre teve interesse pelo setor do Turismo, ou se simplesmente dispõe de um imóvel com potencial de rentabilização, saiba que existem Programas desenhados especificamente para incentivar o seu espírito empreendedor.

Em 2022, o Turismo de Portugal decidiu estender a sua Linha de Apoio à Qualificação da Oferta, à qual havia já atribuído uma dotação financeira de 300 milhões de Euros em 2021.

Esta Medida tem por objetivo dinamizar a atividade turística em Portugal, priorizando investimentos que propiciem a inovação da oferta de produtos e serviços, a requalificação de espaços ou atividades e a sustentabilidade – sempre com o intuito de valorizar os territórios de acordo com as suas caraterísticas e identidade.

A Linha de Apoio à Qualificação da Oferta permite financiar até 80% do Investimento Elegível através de Empréstimos de médio e longo prazo, com prazos de operação que podem ascender aos 15 anos com um período de carência de 4 anos.

O empréstimo é assegurado em conjunto pelo Turismo de Portugal e por uma Instituição Bancária, à qual caberá avaliar e validar a viabilidade económico-financeira do projeto.

Discriminam-se as componentes do Empréstimo da seguinte forma:

  • Empréstimo Bancário: Efetuado em condições de mercado;
  • Empréstimo Turismo de Portugal: Pode ascender a 75% do total do Empréstimo, caso se trate de um projeto de Empreendedorismo ou seja desenvolvido em Territórios de Baixa Densidade:
  • Se for um projeto de criação de estabelecimento de alojamento em Territórios que não de Baixa Densidade:
  • Indexado à Taxa Euribor a 12 meses, acrescida de um spread correspondente a 50% do valor do spread aplicado pela Instituição Bancária, se for um projeto de criação de estabelecimento;
  • Caso contrário:
  • Não vence juros.

Caso no 3º ano completo de atividade sejam atingidas as Metas estipuladas ao nível de Volume de Negócios, Valor Acrescentado Bruto e Postos de Trabalho, parte do Empréstimo atribuído pelo Turismo de Portugal pode ser convertido em Incentivo Não Reembolsável.

Salientam-se os seguintes Requisitos no acesso a este Programa:

  • Empresa constituída com CAE de Turismo;
  • Projeto de Arquitetura aprovado, caso haja necessidade de Licenciamento;
  • Obtenção de Licenciamento do empreendimento pelo Turismo de Portugal;
  • Registo no Registo Nacional do Turismo;
  • Investimentos nas áreas da gestão ambiental e da acessibilidade;
  • Diferenciação clara em relação à oferta existente na região;
  • Manutenção de Postos de Trabalho;
  • Capacidade de financiamento do investimento elegível por, pelo menos, 20% de Capitais Próprios.

Não perca mais tempo e consulte as suas oportunidades de financiamento, junto de um dos nossos consultores!

E-mail: geral@shift-up.pt

Tel: 22 208 35 09